Animais vertebrados

O que são vertebrados?

Uma definição tradicional na zoologia para o termo vertebrado é: animal que tem vértebras.

Vértebras são ossos cilíndricos que estão arranjados em uma fileira. As vértebras compõem a coluna vertebral, o eixo de sustentação e orientação do corpo.

Frente a essa definição, as pessoas passaram a imaginar que todos os vertebrados têm vértebras.

A explicação é a seguinte: o nome vertebrado se consolidou antes que aparecessem evidências como essas, portanto:

  • alguns vertebrados não têm vértebras;
  • alguns vertebrados possuem vértebras incompletas.

 Características dos animais vertebrados

Se ter vértebras não é um traço comum, então qual característica é comum? Algumas das características comuns são essas:

  • Um cérebro dentro de um crânio. O crânio pode ser de osso, de cartilagem ou de colágeno.
  • Uma cabeça, onde geralmente se concentram órgãos dos sentidos: olhos, nariz, ouvidos, receptores de sinais elétricos e de calor.
  • A grande maioria tem mandíbulas e essas permitem aos vertebrados cortar o alimento em pedaços que caibam na boca.
  • Aqueles vertebrados que vivem na água respiram por brânquias ou por pulmões, os terrestres respiram através da pele (menos comum) e através dos pulmões.
  • Alguns vertebrados produzem calor interno (endotérmicos) e isso deixa sua temperatura corporal relativamente constante; outros dependem muito do calor externo ao corpo (ectotérmicos) para não morrerem quando enfrentam temperaturas extremas.
  • Os vertebrados ocupam os ambientes mais variados, seja aquático ou terrestre.
  • Muitas espécies se deslocam apoiadas sobre quatro membros locomotores, outras são aladas e outras usam nadadeiras.

Classificação dos animais vertebrados

Existem 57.054 espécies de vertebrados conhecidas pelo ser humano. Aliás, os humanos são vertebrados.

Porém, é bem possível que existam centenas de outras espécies ainda não descritas pelos estudiosos.

Muitas espécies entraram naturalmente em extinção, sendo conhecidas somente por seus fósseis.

A classificação que apresentamos aqui inclui somente grupos de vertebrados que vivem atualmente.

O número entre parênteses depois de cada nome de grupo representa a quantidade de espécies conhecidas.

  • Agnatha (104): peixes sem mandíbulas como feiticeira, peixe-bruxa, lampreia
  • Chondrichthyes (960): peixes cartilaginosos
  • Osteichthyes (Aproximadamente 27.400): peixes ósseos
  • Amphibia ou Lissamphibia (5.504): cobra-cega, sapo, salamandra
  • Reptilia (8.163): crocodilianos, lagartos, serpentes, tartarugas
  • Aves (9.900): pássaros e aves não passeriformes
  • Mammalia (5.023): ornitorrinco, équidna e todos os grupos cujas fêmeas produzem leite em glândulas especiais.

Habitat dos vertebrados

Os vertebrados ocupam os mais diferentes ambientes:

  • água doce, brejos, pântanos
  • água salgada, seja na zona litorânea dos mares (praias, recifes, manguezais, costões rochosos), seja nas grandes profundezas abissais
  • savanas, florestas secas, cerrado, caatinga e desertos
  • florestas úmidas e as mais diferentes altitudes de montanhas
  • cavernas
  • geleiras.

Exemplos de animais vertebrados

Tucunaré

Peixes do gênero Cichla, que ocorrem nos rios da América do Sul. Carnívoros, os tucunarés se alimentam de outros peixes e também de insetos, crustáceos e resíduos orgânicos.

Tubarão lixa

Pertence à espécie Ginglymostoma cirratum. O adulto pode chegar a ter 4 kg. Apresenta comportamento dócil. Consome outros peixes e moluscos.

Peixe-boi marinho

É um mamífero, apesar do nome popular de peixe. Encontrado na região costeira do nordeste do Brasil.

Consome algas macroscópicas. Ameaçado pela caça excessiva e pela destruição dos manguezais. As fêmeas amamentam o filhote enquanto nadam juntos.

Ema

A maior ave que ocorre naturalmente na América do Sul. Muito comum no Pantanal do Mato Grosso do Sul.

Não é capaz de voar, caminha em áreas abertas, isolada ou em grupos pequenos.

Salamandra Bolitoglossa spp.

Poucas espécies de salamandras, anfíbios que lembram lagartos, ocorrem no Brasil. As espécies desse gênero se distribuem na Amazônia, nos Estados do Pará e Rondônia.

Cobra-cega ou cobra-de-duas-cabeças

É um réptil alongado, com olhos muito pequenos. Tem hábito subterrâneo, se enterra ou rasteja no solo da Mata Atlântica.

Raposa-do-campo

A área de ocorrência vai do Ceará até o leste de São Paulo. É um mamífero pequeno e com aspecto franzino.

Pernas longas, focinho curto e pelagem de cor ferrugem nas orelhas e na cauda. Anda solitário ou aos pares.

Jaburu

Ave de pernas longas típica do Pantanal. Também referenciada como tuiuiú. Come invertebrados e peixes pequenos.

Constrói ninhos grandes e fáceis de serem vistos no alto de árvores isoladas.

Hiena marrom

Mamífero de pelagem longa e de cor parda. Ocorre em savanas e desertos da África.

Alimenta-se de outros mamíferos que ela mesma caça e também de restos deixados por leões ou outros felinos.

Vive em sociedade complexa, na qual existe uma hierarquia rígida entre os membros.

Pica-pau-do-campo

Avezinha que mede no máximo 30 centímetros de comprimento. O alto da cabeça é preto, com as laterais amareladas.

Anda em bandos pequenos e põe ovos em cavidades nas árvores ou em barrancos. Fácil de ser avistada nas cidades brasileiras.

Lampreia

Vertebrado aquático cuja boca é uma cavidade sem mandíbula. A lampreia é parasita de outros peixes, pois fixa-se no corpo deles e suga os nutrientes depois de abrir uma pequena ferida na pele.

Faz isso com os dentes que revestem sua língua. Encontrada nos oceanos de áreas temperadas ao norte da Terra.

Sapinhos Brachycephalus

Brachycephalus é gênero de sapinhos que são endêmicos da Mata Atlântica do sudeste e sul do Brasil.

Eles são bem pequenos, atingindo no máximo 2 centímetros e meio de comprimento.

Abrigam-se entre as folhas secas, troncos caídos e raízes das árvores. Apresentam hábitos predominantemente diurnos.

Alguns têm um colorido chamativo, outros são marrom-escuros.

Mocó

O roedor Kerodon rupestris é da família Caviidae, cujas espécies ocupam somente áreas na Caatinga.

Conhecido localmente como mocó, ele vive em terrenos com afloramentos de rocha, onde se abriga dos predadores.

Come brotos da vegetação rasteira. Os filhotes nascem já bem desenvolvidos e crescem rápido.

Biologia
Répteis

O que são répteis? Na visão dos cientistas atuais, o que chamamos de répteis está longe de ser um grupo natural. O conceito de grupo natural é aquele que reúne formas de vida que compartilham um mesmo ancestral. Se juntássemos todos os répteis para formar um grupo natural, deveríamos incluir …

Biologia
Animais do Pantanal

O Pantanal é um mosaico de ambientes. Isso faz com que a expressão animais do pantanal seja pouco ajustada. A fauna do Pantanal é composta por bichos que são encontrados também em outros biomas brasileiros. O que mais caracteriza o Pantanal é a alternância entre um período de muita chuva …

Biologia
Animais homeotérmicos

Animais homeotérmicos são aqueles capazes de manter a temperatura do corpo relativamente constante. A capacidade de gerar calor dentro do corpo surgiu de forma independente: uma vez no ramo que deu origem às aves e outra vez no ramo que deu origem aos mamíferos. Portanto, todos os animais homeotérmicos são …