Jazz

O que é Jazz?

Jazz é um gênero musical que se refere a uma vasta variedade de estilos, tendo a improvisação como seu elemento mais marcante.

O jazz pode ser entendido como um estilo que foi desenvolvido pelos afro-americanos no final dos séc. XIX e início do séc. XX em Nova Orleans (EUA).

Por outro lado, é também compreendido como um gênero musical que engloba muitas características advindas de misturas cultural-religiosas, como a improvisação, ritmos sincopados, forma cíclica, harmonia do blues e o swing.

Por último, não é claro a origem do termo jazz. Provavelmente, esta palavra seria uma gíria utilizada pelos afro-americanos que denotava algo que fosse vívido ou rápido.

O termo apareceu pela primeira vez relacionado à música em um disco de uma banda de músicos brancos de Nova Orleans: “Original Dixieland Jasss Band” em 1917.

Posteriormente, em 1923, “Creole Jazz Band” foi a primeira banda de músicos negros a fazer gravações de jazz.

História e Origem do Jazz

A formação do jazz sofreu influências multiculturais. A principal seria a música trazida pra os Estados Unidos pelos escravos africanos, que cantavam durante o trabalho forçado.

Este tipo de canto foi chamado de Negro Spiritual (também originou o blues).

Outra influência seria da música caribenha. Segundo Tucker e Jackson, os Haitianos e Cubanos imigraram para Nova Orleans no séc. XIX.

Os ritmos de suas músicas, como habanera, tresillo e cinquillo tiveram forte influência na construção rítmica do jazz.

A música europeia também exerceu um papel na formação desse estilo musical, já que os escravos tinham que aprender suas danças e instrumentos para entreter os senhores de engenho.

Porém, acabaram modificando essas músicas, originando as danças cakewalk (uma paródia das músicas de salão europeias).

Sendo assim, embora seja um produto da cultural afro-americana, ele acabou recebendo influências de outras tradições locais.

Contudo, no início do séc. XX, o jazz não tinha sido bem recebido nos Estados Unidos, sendo considerado um “retorno para o zumbido dos selvagens”.

Foi só em 1987, com uma resolução do congresso, que esse estilo foi denominado como um “tesouro americano raro e valioso”.

A partir de 1920, o jazz começou a se espalhar mundialmente graças às gravações em disco.

Tanto os discos chegaram à Europa quanto as bandas começaram a se apresentar nesses países.

Consequentemente, o mercado se expandiu para o Leste Europeu e também para América Latina, como o Brasil.

Além disso, o jazz encontrou lugar na música de concerto, em que compositores eruditos utilizaram esse gênero em suas composições, como Darius Milhaud.

George Gershwin também criou a sua famosa peça Rhapsody in Blue (e outras obras) com características do jazz.

Por último, o jazz é difícil de ser classificado.

Poderia ser visto como música popular, pois certas composições serviam de entretenimento de massa.

Ao mesmo tempo, poderia ser visto como música erudita, já que algumas peças eram destinadas a uma audiência seleta, demandando atenção e concentração.

Características do Jazz

Como o Jazz é formado por uma mistura de gêneros musicais e culturais, suas características são diversas.

Embora não dê para classificar um elemento principal, é possível identificar características em comum:

  • Blue notes: a blue note seria o 3º, 7º ou 5º da escala diatônica colocados um semitom abaixo.

Esse recurso fornece uma característica melancólica a esse gênero musical.

  • Síncopa: é uma figura rítmica que desloca a acentuação, tendo uma nota acentuada no tempo fraco e não no tempo forte da música.
  • Improvisação: esta é a característica mais marcante. De maneira breve, improvisação é criar a música enquanto você está tocando.
  • Polirritmia: a polirritmia acontece quando se tem mais de uma estrutura rítmica diferente ao mesmo tempo na música
  • Swing: o swing é o ritmo básico do jazz, em que o pulso da música é dividido de maneira desigual.

Já como um estilo, é marcado por improvisação solística, bandas maiores e mudanças harmônicas rápidas.

  • Pergunta e resposta: uma voz, instrumento ou parte da banda que dialogam uma com as outras, alternando-se.

Estilos de Jazz

Existem inúmeros estilos de jazz atualmente. Veja abaixo os principais:

  • Dixieland (1910): o termo surgiu por causa da banda “Original Dixieland Jass Band”. Esse seria o gênero tradicional do jazz, em que cada instrumento solista tem um papel estabelecido e a banda mantém a harmonia e o ritmo.
  • Cool jazz (1940): tem influência da música clássica, harmonia mais complexa e ritmo lento, sendo um pouco mais melancólico.
  • Bebop (1940): tem o ritmo mais acelerado e harmonias mais complexas, tendo solistas virtuoses. É considerado mais intelectual e feito por grupos menores.
  • Jazz Blues: mistura o jazz e o blues e utiliza bastante as riffs do blues.
  • Free Jazz (1950): recebeu influência do atonalismo da música clássica contemporânea. Praticamente, prioriza-se a improvisação total e advém do bepop.

Principais intérpretes e compositores

  • Duke Ellington (1899-1974): compositor, pianista e líder de orquestra.
  • Louis Armstrong (1901-1971): trompetista, saxofonista, cornetista e cantor.
  • Billie Holiday (1915-1959): seu nome oficial era Eleanora Fagan Gough. Foi cantora e compositora.
  • Ella Fitzgerald (1917-1996): cantora.
  • John Coltrane (1926-1967): compositor e saxofonista.
  • Miles Davis (1926-1991): compositor, trompetista e líder de banda de jazz.
  • Nina Simone (1933-2003): cantora, compositora e pianista.

Instrumentos usados no jazz

Em geral, as bandas de jazz não apresentam as mesmas formações instrumentais.

Porém, em todas as formações existe a divisão entre o naipe do ritmo e o naipe da melodia (sopros).

Vale ressaltar que os dois tipos de instrumentos fazem improvisações hoje em dia.

Segue uma lista de instrumentos mais encontrados nessas bandas:

  • Ritmo: bateria, banjo, piano, baixo, guitarra entre outros.
  • Melodia: clarineta, trombone, trompete, saxofone, corneta entre outros.
Artes
Partes do violão

O violão é um instrumento de madeira com cordas de nylon ou aço e pode ser usado tanto para música erudita quanto popular. A seguir, listaremos as partes do violão, nome e a sua função neste instrumento. Corpo O corpo do violão é a caixa principal do instrumento, sendo responsável …

Artes
Música Erudita

O que é música erudita? A música erudita, também conhecida como clássica ou música de concerto, é a dominação dada à música produzida no Ocidente desde a Idade Média, abarcando múltiplos períodos históricos, até os dias atuais. Este tipo de música pode ser tanto religioso quanto secular e utiliza os …